Me deixa ser... o que SIMPLESMENTE sou..


O que posso falar.. que já não foi dito...
O que posso fazer.. que já não foi pensado... as vezes o Peito amargurado... fala sozinho... as lágrimas teimosas dizem mais.. do que queremos dizer..
Fala daquela dor que não existe... mas que vive.. Fala da angustia do não saber... sabendo...Fala da tristeza.. não vista.. mas sentida...

So que eu sou o alento para tudo isso.. sou aquele algo que vem ... e toma seu ser..
Um Sorriso.. um gesto simples.. E tudo se acaba..... no respirar quente.. de beijo.. um beijo nunca.. dado.. um beijo que jamais foi tão intenso.. como se fosse o encontro magico de lábios que nasceram um para o outro.. em uma perfeita sintonia.. que somente a magia do luar é capaz de explicar.. e banhar.. com sua força maior.. a imensidão de um sentimento que pede voz.. que pede vida...

Vida.. que para tantos se limita nos sentidos racionais do mundo.. e parece pequeno... mas para quem do sentimento vive.. se torna imenso... que até tentamos encolher sua força.. perante a tantos.. so q ele vai.. se forma.. se cria.. se enraíza... e pede mais... pede para que se de a ele o direito de viver.. pede que se de a ele.. o direito de gritar.. berrar... 

OLHA EU EXISTO.. ESTOU EM VOCES ESTOU PRONTO... ME DEIXA AFLORAR PARA O MUNDO.. ME DEIXA IR AONDE JAMAIS FUI... ME DEIXA SER O QUE SOU....A FORÇA QUE VOCE PRECISA.. A BASE SOLIDA DA SUA REALIDADE... OU 
COMO SIMPLESMENTE VOCE ME CONHECE.. 

AMOR



7 comentários:

  1. Que lindooooooooooooooo!!

    É bem por aí né??? Olhar para trás, juntar os cacos, respirar fundo e recomeçar...O problema é explicar ao coração!! rsrsrsr

    Beijocas
    Carla

    ResponderExcluir
  2. Lindo demais, meu amigo. Emociona e faz pensar...
    Texto irrepreensível, uma bela voz, uma perfeita combinação. Parabéns!
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. claudia jaquelini geronimo@bol.com.br16 de agosto de 2011 06:50

    Ola rogerio que lindo meu amigo perfeito bjs.

    ResponderExcluir
  4. ...quero alguém... não quero mais ficar sozinha... quero ser e ter a base sólida da minha, da... outra... realidade...

    ResponderExcluir